A EVOLUÇÃO DOS INVESTIMENTOS SOCIAIS

O que é o BISC?

A pesquisa sobre o Benchmarking do Investimento Social Corporativo – BISC, iniciada em 2008, é o resultado de uma parceria entre a Comunitas e um conjunto selecionado de empresas. Realizada anualmente, ela tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento, o aperfeiçoamento da gestão e a avaliação dos investimentos sociais corporativos no Brasil.

 

Qual a abrangência da pesquisa?

A Pesquisa BISC busca dimensionar todos os recursos financeiros, em bens e em serviços, aplicados pela empresa em projetos e atividades de interesse social, incluindo:

  • Apoio a projetos sociais, ambientais e culturais;
  • Construção de infraestrutura social, inclusive aquelas realizadas em decorrência da instalação e funcionamento das empresas;
  • Apoio permanente ou eventual a organizações formalmente constituídas.

Ações que beneficiem exclusivamente os colaboradores da empresa e suas famílias, doações a comitês políticos e indivíduos e ações realizadas com recursos doados por terceiros não são consideradas no BISC.

Além dos investimentos sociais voluntários, a pesquisa busca captar, separadamente, as aplicações sociais realizadas por imposição legal, atos administrativos ou decisão judicial, incluindo obrigações decorrentes de licenciamento ambiental e Termos de Ajustamento de Conduta.

 

Qual o universo pesquisado?

Em 2020, a pesquisa abrangeu um universo de 303 empresas e 18 institutos/fundações empresariais.

Qual a tendência dos investimentos sociais da Rede BISC?

Os novos dados trazem uma notícia boa. Em 2019, as empresas investiram R$ 2,5 bilhões, o que representa um aumento de 13% em relação ao ano anterior. Não obstante, os resultados revelam que não há motivos para acomodação, pois os investimentos voltam ao patamar de 2016, quando a conjuntura econômica do país era bem mais desfavorável (queda de 3,3% do PIB).

 

Qual o percentual de empresas que ampliaram, ou reduziram, seus investimentos sociais entre 2018 e 2019?

Outra boa notícia: nos dois últimos anos, a maioria absoluta das empresas (54%) ampliou os recursos destinados aos projetos sociais. Esse resultado é bem diferente daquele apresentado na última edição do BISC, onde foi verificado que 63% delas haviam reduzido seus investimentos entre 2017 e 2018.

Qual a diferença na trajetória dos investimentos realizados diretamente pelas empresas e por seus institutos?

Depois de quatro anos de reduções sucessivas, os investimentos sociais destinados a projetos sociais executados diretamente pelas empresas cresceram e voltaram a um patamar similar àqueles realizados por meio dos seus institutos: R$ 1,25 bi e R$ 1,26 bi, respectivamente. O crescimento dos valores captados por meio dos incentivos fiscais pode explicar, em parte, essa recuperação.

 

Qual a proporção dos investimentos sociais na receita e nos lucros das empresas?

Entre 2018 e 2019 cresceu ligeiramente a proporção da receita das empresas que é destinada aos investimentos sociais, mas o mesmo não aconteceu em relação ao lucro bruto e lucro líquido. Tal resultado indica que o crescimento dos investimentos sociais, na maioria das empresas, não acompanhou o crescimento dos lucros. A mediana da participação dos investimentos sociais no lucro bruto, em 2019, caiu para 0,53% – o menor percentual em todo o período analisado pela pesquisa.

 

BISC e CECP: qual o padrão dos investimentos sociais?

Com a queda da participação dos investimentos sociais no lucro bruto, o padrão das empresas da Rede BISC, em 2019, ficou bem abaixo daquele observado nas empresas que fazem parte da pesquisa do CECP. Entretanto, com base nesse resultado não se pode ainda afirmar que o padrão brasileiro é inferior ao norte americano. O acompanhamento dos dados do período 2007 a 2019 mostra que, em vários anos, os percentuais no Brasil foram bem superiores. Resta continuar acompanhando essa evolução, no futuro próximo.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Insira seu e-mail e receba conteúdo sobre o campo do investimento social corporativo!

Nossas redes

_

A COMUNITAS

A Comunitas é uma organização da sociedade civil especializada em modelar e implementar parcerias sustentáveis entre os setores público e privado, gerando maior impacto do investimento social, com foco na melhoria dos serviços públicos e, consequentemente, da vida da população.

Exceto onde indicado de outra forma, todos os conteúdos disponibilizados neste website estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Copyright 2021. All Rights Reserved.

Desenvolvido por MySystem