BISC realiza primeiro Grupo de Debates do ano

Momento serve para compartilhar experiências, debater caminhos do investimento social corporativo e trocar conhecimentos em espaço de construção coletiva em torno da pesquisa BISC

A equipe do Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC), ferramenta de gestão social empresarial liderada pela Comunitas, realizou, no último dia 10, o primeiro Grupo de Debates de 2021.

A pauta girou em torno das ações vinculadas ao fator “Social” (ESG) com o objetivo de discutir caminhos para os participantes da Rede BISC melhor reportarem seus esforços nesta dimensão para além do investimento social em comunidades.

Durante o encontro, foram compartilhados critérios para parametrização do Investimento Social Total, conforme metodologia desenvolvida pelo Chief Executives for Corporate Purpose (CECP), organização internacional parceira da Comunitas, e alinhada com o World Economic Forum.

A equipe BISC também apresentou pontos que podem ser extraídos do BISC para reporte do fator “S”, como o volume dos investimentos sociais destinados às comunidades e nas diversas regiões do país, e as áreas de atuação social e valor dos investimentos em cada uma delas. Ainda demonstrou o que pode ser mensurado no BISC, também para reporte do fator “S”, como o percentual dos investimentos sociais na receita/lucro bruto/lucro líquido e o valor dos investimentos desagregado pelas diversas áreas de atuação.

Ainda durante o encontro, o público foi dividido em dois grupos, com o objetivo de debater alguns critérios e tópicos que nortearão o desenvolvimento da próxima edição da pesquisa BISC, à exemplo de quais as partes interessadas que deveriam ser consideradas como alvo do Investimento Social Total (IST), quais as áreas de atuação que poderíamos analisar, e quais os critérios a serem utilizados para definir o que considerar como Investimento Social Total (IST).

“Vivenciamos uma transição para uma geração de consumidores, investidores e colaboradores ainda mais vigilantes e exigentes quanto à geração de valor social por parte das empresas. Há espaço e necessidade de alinhamento de critérios ESG e o BISC pode contribuir trazendo para o Brasil metodologia recém implementada fora para a análise do investimento social corporativo para além do investimento nas comunidades”, explicou a diretora de Gestão e Investimento Social da Comunitas, Patricia Loyola.

Leia também: Agenda | Diretora de Investimento Social da Comunitas, Patricia Loyola participa do 13º Festival ABCR

 

Sobre o Grupo de Debates BISC

Para o encontro são convidados os executivos e executivas sociais das empresas que integram a Rede BISC, fazendo com que compartilhem, entre o grupo, a metodologia e os instrumentos utilizados para captação, divulgação de resultados aos diferentes parceiros, bem como os desafios e as estratégias utilizadas nos projetos de investimento social. O momento serve, também, para troca de conhecimento para a construção da próxima edição da pesquisa BISC.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Insira seu e-mail e receba conteúdo sobre o campo do investimento social corporativo!

Nossas redes

_

A COMUNITAS

A Comunitas é uma organização da sociedade civil especializada em modelar e implementar parcerias sustentáveis entre os setores público e privado, gerando maior impacto do investimento social, com foco na melhoria dos serviços públicos e, consequentemente, da vida da população.

Exceto onde indicado de outra forma, todos os conteúdos disponibilizados neste website estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Copyright 2022. All Rights Reserved.

Desenvolvido por MySystem