Retorno dos investimentos sociais é pauta do Grupo de Debates BISC no RJ e SP

Dessa vez, o retorno dos investimentos sociais para a imagem das empresas foi pauta das das edições do Grupo de Debates BISC, realizados nos dias 12 e 14, nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, respectivamente.

O tema central do debate foi a definição de uma metodologia voltada para analisar o retorno dos investimentos sociais em termos da imagem corporativa das empresas integrantes do grupo BISC. A proposta inicial dos debates é desenvolver um levantamento junto aos colaboradores das empresas sobre a sua percepção em relação à atuação da empresa no campo social.

Para os participantes, mensurar a imagem dos programas sociais entre os colaboradores deve ser prioridade para as empresas, antes mesmo de analisar o resultado perante o público externo. Eles concordam, ainda, que é importante quantificar os resultados em números e porcentagens, transformando as avaliações em ferramentas de gestão.

“Antigamente era imoral que as empresas quisessem ter algum retorno com os investimentos sociais. Hoje em dia, a empresa pode ter, inclusive, é fundamental medir os impactos desse retorno. Porque se não for para ter retorno, não é investimento social, é caridade”, explica Anna Peliano, coordenadora da pesquisa BISC.

Estiveram presentes a Fundação Vale, Instituto Cola-Cola, Sistema FIRJAN, Instituto BRF, Instituto Votorantim, Engie e Fundação Alphaville.

Confira depoimentos dos participantes das edições anteriores do Grupo de Debates BISC:

 

 

Grupo de Debates BISC

Para o encontro são convidadas empresas participantes do BISC, fazendo com que compartilhem, entre o grupo, a metodologia e os instrumentos utilizados para captação, divulgação de resultados dos diferentes parceiros, bem como os desafios e as estratégias utilizadas nos projetos de investimento social.

Sobre o BISC

Liderado pela Comunitas, o relatório Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC) é uma ferramenta criada para o acompanhamento anual dos investimentos sociais privados no Brasil. Com a pesquisa, é possível aferir a evolução dos compromissos sociais das empresas participantes do grupo, extrair a percepção dos gestores sobre a qualidade das aplicações, buscar novos temas para subsidiar a formulação de estratégias e melhorar a contribuição para o desenvolvimento do país. Além disso, por meio de uma parceria abrangente e inovadora com o CECP e com a Exchange, consegue-se comparar esses investimentos com padrões internacionais.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Insira seu e-mail e receba conteúdo sobre o campo do investimento social corporativo!

Nossas redes

_

A COMUNITAS

A Comunitas é uma organização da sociedade civil especializada em modelar e implementar parcerias sustentáveis entre os setores público e privado, gerando maior impacto do investimento social, com foco na melhoria dos serviços públicos e, consequentemente, da vida da população.

Exceto onde indicado de outra forma, todos os conteúdos disponibilizados neste website estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Copyright 2022. All Rights Reserved.

Desenvolvido por MySystem