Comunitas no Valor Econômico | Pandemia fortalece redes de ação social

Experiência adquirida neste ano deve servir para mudar perfil dos programas sociais, mostra BISC

Por Marília de Camargo Cesar

Os investimentos sociais corporativos e das fundações e institutos vão, no mínimo, dobrar de tamanho neste ano, superando R$ 5,2 bilhões*, em comparação a R$ 2,5 bilhões registrados em 2019. Além disso, as experiências bem-sucedidas de parceria e trabalho conjunto entre as grandes empresas e as organizações sem fins lucrativos ou governamentais para enfrentar a pandemia serão um dos grandes legados que 2020 deixará para o setor de responsabilidade social corporativa. O desafio para os próximos anos é manter e intensificar essas atividades conjuntas, focando agora numa agenda que dê mais espaço para a saúde e para programas de geração de renda.

 

*Em 2019, as 303 empresas e 18 institutos e fundações empresariais participantes da pesquisa BISC, investiram R$ 2,5 bilhões. Já em 2020, a Rede BISC investiu até meados de julho, cerca de R$ 2 bilhões em ações de enfrentamento à COVID-19 – 1/3 do total alocado pelo setor privado, segundo o Monitor de Doações.

 

>> Leia a matéria completa clicando aqui.

 

>> Clique aqui e confira os dados de destaque do BISC 2020.

 

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Insira seu e-mail e receba conteúdo sobre o campo do investimento social corporativo!

Nossas redes

_

A COMUNITAS

A Comunitas é uma organização da sociedade civil especializada em modelar e implementar parcerias sustentáveis entre os setores público e privado, gerando maior impacto do investimento social, com foco na melhoria dos serviços públicos e, consequentemente, da vida da população.

Exceto onde indicado de outra forma, todos os conteúdos disponibilizados neste website estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Copyright 2022. All Rights Reserved.

Desenvolvido por MySystem