Como o Itaú Educação e Trabalho criou uma plataforma voltada à difusão e apoio da Educação Profissional e Tecnológica no Brasil

A foto mostra uma moça de pele negra e cabelos trançados estudando em frente a um notebook

Crédito de imagem: banco de imagens

Resumo da iniciativa

Acreditando que a disseminação de conhecimento é uma potente ferramenta para o entendimento do que é a Educação Profissional e Tecnológica (EPT) e de como ela pode transformar o atual cenário desigual da educação brasileira, foi lançada, em 2021, a plataforma Observatório da EPT, com um robusto conjunto de informações e conteúdos formativos para apoiar as secretarias estaduais de educação, bem como profissionais da área, na implementação e no aperfeiçoamento dessa modalidade de ensino.

Contexto

Diante dos desafios de expandir a oferta de EPT, garantindo sua qualidade e promovendo inclusão produtiva digna das juventudes, o Itaú Educação e Trabalho (IET) iniciou o desenvolvimento do Observatório da EPT, objetivando uma solução aderente às reais necessidades de cada região e vantajosa para o desenvolvimento local. A educação profissional é uma ferramenta fundamental para a redução do desemprego e para a formação de bons profissionais, contribuindo para o desenvolvimento do país.  

O projeto se mostra ainda mais relevante em um momento em que a evasão escolar e o desemprego dos jovens atingem um alto patamar e o investimento na educação profissional é uma das ações possíveis para transformar essa realidade.

Desafios

De um lado, temos jovens recém saídos do ensino médio, com dificuldade de encontrar trabalho e, de outro, empresas com dificuldade de encontrar profissionais para os setores da indústria e serviços. A Formação Técnica Profissional representa uma solução que age simultaneamente nas duas pontas desse problema.

Público-alvo

Secretarias estaduais de educação, professores e gestores escolares.

Objetivo da ação

Criar uma ferramenta para difundir e apoiar a Educação Profissional e Tecnológica no Brasil.

Formato da ação 

Uma iniciativa do  Itaú Educação e Trabalho (IET) com o apoio das secretarias estaduais de educação, setor produtivo, entidades da sociedade civil e especialistas. A plataforma colaborativa é desenvolvida pela empresa Caiena – Tecnologia e Design.

Inovação

O Observatório da EPT é uma plataforma que divulga conhecimento e evidências sobre um campo da educação ainda pouco explorado, mas que é muito estratégico para o desenvolvimento do país e garantia dos direitos das juventudes. Além disso, o objetivo também é difundir como boas práticas e novas metodologias podem trazer avanços importantes para as políticas estaduais de EPT.

Com notícias, eventos, conteúdos em diversos formatos e uma biblioteca virtual, o Observatório da EPT busca apoiar a construção e implementação de políticas públicas que garantam o pleno desenvolvimento dos jovens, o exercício da cidadania e a qualificação profissional. 

Assim, algumas das principais funcionalidades da plataforma são:

  • Compartilhamento de conceitos, informações e dados atualizados, além de conteúdos técnicos sobre o tema;
  • Acompanhamento sobre a implementação da EPT nos Estados;
  • Acesso a ferramentas para apoiar a ampliação da oferta dos cursos técnicos, de acordo com a infraestrutura requerida e o nível de complexidade para a implantação;
  • Acesso às metodologias e à troca de experiência com gestores públicos que desejam implementar cursos de acordo com as oportunidades de suas localidades.

O site é um espaço coletivo em constante evolução, que é sempre abastecido e atualizado com novidades para viabilizar uma Educação Profissional e Tecnológica de qualidade, conectada às demandas do século 21.

O Observatório EPT reúne também pesquisas que mostram oportunidades, desafios e indicadores que norteiam a expansão e qualificação da EPT no Brasil. A plataforma conta, ainda, com cursos, materiais pedagógicos para formação de educadores e experiências de boas práticas de diversos estados.

Resultados

Por ser um espaço colaborativo, o Observatório traz em seu conceito a ideia de que o envolvimento de todos (iniciativas pública e privada, sociedade civil organizada, professores e juventudes) pode construir a base necessária para fazer com que o EPT tenha maior adesão, em especial com os estudantes do Ensino Médio, e a ação resultou em um espaço importante para o debate.


Quer ter acesso a mais conteúdos sobre investimentos sociais corporativos? Assine a nossa
Newsletter!

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter

Insira seu e-mail e receba conteúdo sobre o campo do investimento social corporativo!

Nossas redes

_

A COMUNITAS

A Comunitas é uma organização da sociedade civil especializada em modelar e implementar parcerias sustentáveis entre os setores público e privado, gerando maior impacto do investimento social, com foco na melhoria dos serviços públicos e, consequentemente, da vida da população.

Exceto onde indicado de outra forma, todos os conteúdos disponibilizados neste website estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Copyright 2022. All Rights Reserved.

Desenvolvido por MySystem